• Letticia Torres, Paula Cristina Novo, Renato M. F. Braga

VIAGEM PELAS PALAVRAS

Atualizado: Jun 20

Querido Jornal,

Estamos a terminar a nossa "Viagem pelas Palavras" deste ano letivo e enviamos mais uns textos nossos. São baseados numa história divertida de Sylvia Orthof «O Sapato que miava» com ilustrações de Ivan Zigg.

Sugerimos que leiam o conto e os nossos textos. Divirtam-se!

Professoras Teresa Coelho e Carmen Bessa (Educação especial)


O Sapato que Miava


Esta é a minha história

Da história

De um sapato,

De um gato,

De uma velha

Que calçava

Um gato … ou um sapato?

Que confusão!

E o pior ainda não veio, não.

A velha foi à feira,

O velho levava o cão.

E a velha levava o gato,

Que se chamava Deodato.

Depois…

Uma correria!

E, se não me falha a memória,

Antes de acabar a história

O velho casa com a velha

E todos ficam bem:

O velho,

A velha,

O cão Fedelho e o Deodato, o gato, também.


Letticia Torres 6º I (1 de junho de 2021)


Era uma vez um sapato que miava.

O sapato era da senhora Velha e ela nunca tirava o sapato para ver o que tinha.

O sapato doía à velha e, quando ela andava, mancava e ouvia-se miau e miau.

E a velha que tinha um gato, conheceu o Velho que tinha um cão.

O Velho e a Velha casaram no fim da história.


Paula Cristina Novo 5ºG (1 de junho de 2021)


Era uma vez uma Velha

que vivia numa casa velha,

com o seu amigo gato

que se chamava Deodato.

O bichano, de facto,

gostava de dormir no sapato

no sapato da Velha

que dormia na cadeira.

A Velha acordou

e seu sapato calçou.

Foi à feira, foi às compras

comprar legumes e as suas coisas tontas,

com o gato no sapato,

o pequeno Deodato.

E o tareco miava, miava

no sapato que mal cheirava!

Passou um velho

com o seu cão, o Fedelho.

O Velho o passeava e

tranquilo ele estava.

De repente o Fedelho

arrasta o dono, o senhor Velho,

porque vai atrás do gato, o Deodato,

que está entalado no sapato.

A dona Velha começa a correr

para do Fedelho se esconder.

Por fim tudo acaba bem

porque os velhos se saem bem!

Eles casam e o Velho

Vai para a casa velha da Velha,

O Fedelho fica no chinelo vermelho

E o Deodato só dorme no sapato.


Renato M. F. Braga 9º D (1 de junho de 2021)



63 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo